Ucrânia à beira do precipício II

Urso russo em versão japonesa (1900)

O melhor cenário antecipado no meu último post sobre a Ucrânia concretizou-se. As Forças Armadas não aceitaram exterminar a oposição na Praça Maidan e o presidente Yanukovich foi obrigado a fugir. Se o novo governo não lhe deitar a mão antes, um destes dias aparecerá na Rússia, se é que já não está lá.

Agora começa a luta pela sobrevivência da Ucrânia tal como existe hoje. Como os últimos resultados eleitorais demonstraram, o país está dividido ao meio: de um lado, no oeste do país, a população de língua e cultura ucraniana propriamente dita, que apoia as forças da oposição; do outro, no leste, a população de língua e cultura russa, que está do lado de Yanukovich (ou, pelo menos, de uma relação preferencial com a Rússia).

Yanukovich até pode ir parar à cadeia (ou algo pior), mas o problema de base mantém-se: a Ucrânia é um país dilacerado pela atracção de dois pólos muito poderosos nas suas fronteiras: o Ocidente e a Rússia. É preciso não esquecer que a Ucrânia independente é uma criação do século XX. A História diz-nos que esteve quase sempre dividida por dois grandes impérios: o russo e o austro-húngaro. O segundo desapareceu em 1918, mas o primeiro sobrevive mal disfarçado na Rússia de Vladimir Putin. Estamos, por isso, a assistir a uma luta titânica pela reformulação do equilíbrio de poderes na Europa.

O “urso” já esteve bem mais gordo, mas, com o Ocidente enfraquecido, há certos riscos que Putin se pode dar ao luxo de correr – e ele já mostrou na Geórgia que é um jogador muito ousado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: