Como é estar perto (muito perto, mesmo) de uma bomba atómica

O blogue de Alex Wallerstein, Restricted Data, é fantástico e fascinante – por vezes, horrivelmente fascinante.

Quem quiser saber um pouco mais (ou mesmo muito mais) sobre a história das armas nucleares, tem de passar por lá. A sua última “prenda” é um bom exemplo do que estou a dizer: o filme não editado da preparação e transporte da Fat Man, a bomba atómica que foi lançada sobre Nagasaki.

Alex tem toda a razão. Ver estas imagens sem qualquer som (foi assim que elas foram filmadas) dá-lhes um impacto muito maior. Creio mesmo que, exceptuando um contacto pessoal com uma arma atómica, não haverá maneiras muito melhores de ter uma ideia do que é estar perto de uma do que ver este vídeo.

Aqui fica.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: