Atentado na Bulgária

 

O ataque bombista de hoje contra turistas israelitas na Bulgária é o mais grave de uma série de atentados que têm ocorrido este ano, mas que têm sido pouco notados.  O primeiro-ministro de Israel já veio culpar o Irão pelo ataque, o que pode parecer apressado à primeira vista, não fosse o facto de os serviços de antiterroristas de Tel Aviv andarem a lançar alertas nesse sentido desde, pelo menos, Fevereiro.

Benjamin Netanyahu não parece ser o tipo de chefe de governo que vá aceitar isto sem retaliação. No pior dos casos, este atentado pode ser a desculpa que os “falcões” da coligação governamental (e há-os bem mais radicais do que o primeiro-ministro) precisavam para impor um ataque de larga escala ao Irão. Na perspectiva mais realista, creio que a Mossad vai receber mais algumas “missões especiais” nos próximos meses – ou não andasse ela já tão ocupada por aquelas bandas.

 

2 responses

  1. Com a embrulhada na Síria, Teerão terá de arranjar motivos para unir “os seus”. Afinal, se Israel retaliar de forma “descoberta” pode estar a facilitar Bashar Al Assad, retirando os holofotes de Damasco… enfim…

  2. É verdade. Pode ser apenas um “engodo” para ver se os israelitas “mordem”. Não me parece que o façam da forma que os iranianos querem, mas lá que vão fazer algo, vão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: